Buscar
  • Davi Borges

Você sabe o que é D2C?

Afinal, o que é D2C?


Este conceito vem ganhando força com o advento da pandemia da Covid-19, porque muitas empresas tiveram que migrar do offline para o online. Muitas farmácias e drogarias tinham um e-commerce já sólido e estruturado, mas muitas ainda trabalhavam somente com o offline. Por isso, a tendência D2C (direct to consumer) é realidade também no varejo farmacêutico.


O que é D2C?


Porque migrar do offline pro online?


Como realizar o D2C em sua farmácia ou drogaria?



A tendência D2C – direct to consumer é a venda feita direta para o consumidor, numa tradução livre. Isso possibilita que a indústria farmacêutica realize a venda de forma direta para o consumidor por meio de aplicativos e da internet. Por exemplo, muitos restaurantes, bares e lanches no período da pandemia e do isolamento social, tiveram que se reinventar utilizando-se de aplicativos como ifood, ubereats, e até mesmo whatsapp para se manterem no mercado. O que é necessário entender é que o D2C não é uma tendência que fará uma demissão em massa dos funcionários da sua farmácia e drogaria para serem substituídos por ferramentas ou aplicativos, não é isso!

O D2C na verdade é uma forma de ajudar, auxiliar e alavancar as vendas da sua farmácia por meio da internet, direto para o consumidor. Muitas drogarias e farmácias adotaram este método e viram seus resultados crescerem, justamente porque hoje, grande parte da população compra pela internet. O consumidor faz a compra, e a farmácia recebe um repasse deste valor. Por este motivo a migração do offiline para online foi importante e mais que isso: fundamental e essencial. É uma realidade, é uma tendência, não tem como fugir.

Deste modo, realizar a estratégia direct-to-consumer (D2C) em sua farmácia ou drogaria, começa muito antes que você imagina. Os próprios laboratórios conseguem elaborar um sortimento de forma completa, personalizando assim seus produtos, de forma que quando eles chegarem até você, será possível gerenciar a forma da comunicação com seus consumidores por meio de marketplaces ou aplicativos. Isso gera tração nas vendas online sem disputar os mercados tradicionais, ocupados pelos parceiros varejistas. Assim sendo, o investimento da indústria em canais D2C é uma tendência, pois permite que elas entendam melhor seus clientes, oferecem produtos exclusivos e comunicar melhor a personalidade de suas marcas.