Buscar
  • Davi Borges

Como definir um mix ideal para sua drogaria?

Um dos maiores desejos dos empresários do mercado de varejo farma é vender mais os seus produtos e ter consequentemente resultados melhores. Porém, precisamos levar em consideração que boas condições para a compra podem ajudar na melhoria da precificação da farmácia ou drogaria e auxiliar a criar uma estratégia mais eficaz. Por isso, alguns questionamentos pairam na cabeça dos empresários de farmácias e drogarias, como:


Devo fazer algum tipo de investimento para melhorar o sortimento do mix?


Quais produtos devo oferecer?


Como garantir a lucratividade?


Este artigo no nosso blog vai te ajudar a responder a estas perguntas. Um primeiro ponto seria em relação as categorias de produtos. Para certas categorias, o sortimento do mix demanda investimentos da farmácia, pois dependendo do produto é necessário adquirir:

· equipamentos de refrigeração;

· novos balcões de atendimento;

· reordenamento do layout;

· prateleiras e gôndolas especiais; e

· displays adequados para exposição dos itens.

Assim sendo, quando falamos em variar as mercadorias, não podemos pensar em apenas uma categoria alternativa, como em tempos remotos que farmácias só vendiam remédios e perfumaria. Atualmente, existem diversas alternativas que serão responsáveis por aumentar o faturamento mensal da empresa. Entre elas estão:

· medicamentos genéricos;

· suplementos alimentares;

· vitaminas;

· perfumaria;

· dermocosméticos.

Logo, para garantir lucratividade é essencial o investimento em produtos com diferentes faixas de preços. Uma maneira de garantir isso é fazer a seguinte divisão na composição das mercadorias:

· 25% dos itens devem ser aqueles com o valor de venda mais alto;

· 35% de mercadorias que tenham uma boa aceitação pelo público;

· 20% destinados a artigos mais populares;

· 20% aos que tenham o preço baixo.


Trouxemos neste artigo também os medicamentos mais vendidos no Brasil, conforme um relatório da Nielsen do mês de setembro/2021 na categoria “dolor” que é a mais procurada em farmácias e drogarias. Confira na tabela abaixo:


Desta forma, para ter condições comerciais adequadas ao mercado e a seu shopper, sua farmácia precisa se aproximar dos parceiros e ter um bom relacionamento com a indústria farmacêutica e distribuidoras.

Por isso, fazer o follow-up das vendas e entender o giro de cada produto é fundamental. Além disso, estruture um calendário para as suas compras para reposição dos produtos, acompanhar o estoque e não ter rupturas.

Fique atento: o planejamento é primordial para ter sucesso no varejo farmacêutico. Otimize a maneira como sua equipe e você realizam os pedidos dos produtos e obtenha resultados surpreendentes em sua loja!